Entrevista com o Faixa Preta de Jiu Jitsu, Carlos Dutra ” Kaka “. OSSS

0
584

Bacharel em Ed.Fisica, Carlos Dutra, mas conhecido como Kaka é faixa preta 1º grau, e membro da Equipe Corpo e Mente de Fsa-Bahia.

TS – Qual a metodologia e ensinamento fundamental do Jiu-jtsu?

Kaka – Utilizo metodologias diferentes para cada grupo de alunos, nas aulas de jiu-jitsu. Crianças eu trabalho de forma mais lúdica e descontraída, já os adultos às aulas são mais voltadas a competição. Nosso espaço de treinamento é chamado Dojo. O jiu-jitsu trabalha 5 princípios:
1 – Ceder para vencer
2 – O máximo contra o mínimo
3 – Alavanca Humana
4 – Princípio do oportuno
5 – Princípio do desequilíbrio

TS – Quantos anos você já tem de faixa preta, e ainda lembra do dia em que conquistou essa graduação?

Kaka – 2- Tenho quase 5 anos de Faixa Preta, conquistei essa graduação em dezembro de 2013, em um momento muito difícil, dois meses após perder minha mãe e minha avó.

TS – A sua equipe vai disputar o mundial, que acontece neste final de semana em Feira de Santana, será que vamos trazer uma medalha para Santa Bárbara?

Kaka – Sim, estou levando 7 Barbarenses para competir no domingo. Um evento de grande porte, o mundial da Fijjd reuni atletas do mundo inteiro e tenho certeza que traremos medalhas no jiu-jitsu, com uso de kimono e No-Gi sem kimono.

TS – Como acontece a preparação destes atletas, e qual a maior dificuldade que eles enfrentam?

Kaka – A preparação dos atletas Barbarenses acontece no espaço motocross, na Baixa do Carlitão, onde acontece também aulas de funcional e Crossfit. Vamos a Sede da nossa equipe em Feira de Santana 3 vezes por semana para treinar forte e termos aulas com nosso mestre o sensei Humberto Tavares. Além disso alguns alunos tb fazem corridas e musculação. E a nossa maior dificuldade é patrocínio, pois precisamos de apoio para levar os atletas a competição.

TS – Qual a dica que você pode dar para aqueles que estão começando agora a jornada?

Kaka – A dica que dou é procurar uma academia filiada a Fijjd e a cbjje, e treinar com professores capacitados. Não se pode querer aprender jiu-jitsu com qualquer um, sou Educador físico, e sei bem a importância para a integridade física e psicológica do praticante. A repetição leva a perfeição, então é treinar e buscar sempre uma melhor qualidade de vida.

Contato: 75 9 9959- 7486

Por Guto Teixeira, Santa Bárbara, dia 5 de junho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here