Feira: Reunião termina sem acordo e professores entram em estado de greve

0
38

O sindicato dos professores da rede municipal de Feira de Santana declararou estado greve a partir desta quinta-feira (27). O estado de greve foi aprovado durante uma assembleia com os professores no final da tarde desta quarta-feira (26). De acordo com a professora Merlede Oliveira, o estado de greve significa que os professores estão se mobilizando ara entrar em greve na próxima semana, caso não ocorra um acordo.

 

Segundo o site Acorda Cidade, o estado de greve faz parte das mobilizações da categoria, que reivindica o pagamento do precatório do Fundef pelo governo municipal. Desde terça-feira (25) os professores estão fazendo manifestações para cobrar esse pagamento (veja aqui). A categoria irá se reunir na próxima terça-feira (2) em nova assembleia.

 

Na quarta-feira, eles se reuniram com o prefeito de Feira, Colbert Martins, mas não houve acordo (veja aqui). De acordo com Marlede, o prefeito continua com a mesma postura, dizendo que a classe judicializou a ação  do precatório e por isso, ele vai aguardar. “Fizemos isso, pois o prefeito anterior vinha dizendo que não ia dividir o dinheiro com os trabalhadores da educação. Então fomos pra justiça, mas com ele poderia ser diferente. Perguntamos a ele se tirássemos da justiça se ele faria o pagamento, mas ele não tem resposta, então a ação continua lá e aprovamos o estado de greve”, afirmou a professora.

 

Fonte: Bahia Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here