Veja como fica a oposição baiana a Bolsonaro no Congresso Nacional

0
15

Passadas as eleições e fechada a composição das casas legislativas e do Executivo, a maior preocupação dos partidos é a definição dentro do Congresso Nacional: quais deputados serão – ou não – oposição a Bolsonaro.

No universo dos 16 partidos que compõem o Congresso Nacional pela Bahia, pelo menos cinco já declararam ser oposição ao presidente: PT, PCdoB, PDT, PSB e Podemos. Juntos, eles representam 15 deputados federais eleitos, no universo de 39.

O principal argumento para ser oposição ao governo, segundo os partidos, é a discordância com as propostas para o país. O PT afirma que estará vigilante, principalmente quanto aos assuntos relacionados à democracia, Constituição Federal, direitos individuais e coletivos e às instituições.

Os partidos ainda acreditam que o tom da oposição se dará de acordo com a postura do governo. O PSB disse que defenderá a economia, as cláusulas pétreas e os direitos individuais. O PCdoB afirmou que defenderá os direitos sociais, a democracia e a soberania popular. Já o PDT disse que fará oposição a favor do país. Apenas o PRP, com um deputado, já declarou apoio a Bolsonaro.

O PHS, o PPL, o Avante, o PR, o PSD, o PSDB e o PP aguardam orientações nacionais. O PRB, com dois deputados, disse que “provavelmente apoiará”. O DEM, do prefeito ACM Neto, informou anteontem que provavelmente apoiará Bolsonaro, mas que isso depende da agenda programática dele.

Fonte: Correio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here