Acidente entre van e ônibus deixa cerca de 9 feridos em Feira de Santana

0
53

Um acidente entre uma van do transporte alternativo de Feira de Santana e um ônibus da empresa Viva deixou nove pessoas feridas por volta das 14h desta segunda-feira (7), na Avenida Transnordestina, na saída do complexo de Viadutos Miraldo Gomes, no bairro Cidade Nova.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

O motorista da Van, Samuel da Costa, informou ao Acorda Cidade que seguia em direção ao bairro Novo Horizonte, quando o ônibus de placa PLC-4913 colidiu por trás da van dele, de placa OTQ-5176, que transportava passageiros para o KM 13, no distrito de Tiquaruçu. Entre os feridos está o cobrador da van, que teve o braço quebrado. Segundo o motorista, nenhuma das lesões foi grave.

“Eu vinha do centro da cidade sentido Novo Horizonte e quando passei por baixo do viaduto, no final da ladeira, veio o ônibus, e ele colidiu no fundo da minha van, me jogando em cima do canteiro. Havia cerca de 12 passageiros, alguns deles saíram feridos, meu cobrador quebrou o braço, uma passageira ficou presa no banco e quebrou o dente, outra bateu a cabeça, mas graças a Deus, não tem ninguém gravemente ferido. Eu não tive lesões. Eu vinha a 60 km/h, a van deu perda total, quase vira no canteiro”, relatou o motorista ao Acorda Cidade.

Não houve feridos no ônibus, que presta serviço para a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).
As vítimas foram socorridas para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) – duas vítimas foram levadas para o hospital em carros particulares.

Não localizamos o motorista do ônibus no local para falar sobre o acidente, mas por telefone um representante da empresa informou que a mesma vai se pronunciar após o resultado do laudo.

Por meio de nota a Uefs manifestou sua solidariedade às vítimas e informou que as causas do acidente já estão sendo apuradas pela Superintendência Municipal de Trânsito (SMT). A universidade declara ainda que está à disposição para os esclarecimentos necessários.

O policial rodoviário federal Webster Campos informou que a colisão foi traseira.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

As vítimas socorridas para o HGCA foram:

Juliete Ribeiro dos Santos, 30 anos, moradora do bairro Parque Ipê
Antoniel Santos Rodrigues, 46 anos, endereço ignorado
Ednavei Freire dos Santos, 28 anos, Cidade Nova
Raimundo Carneiro Pedreira, 56 anos, ciade de Serra Preta
Daiana Nascimento Carvalho, 38 anos, Campo Limpo
Luciana Maria do Nascimento, 53 anos, Novo Horizonte
Josué Vitório de Jesus, 27 anos; distrito de Maria Quitéria
Diana da Paixão Freitas, 44 anos, Novo Horizonte – socorrida em carro particular
Conceição Nunes Souza, 52 anos, Jardim Cruzeiro – socorrida em carro particular

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

O diretor do HGCA, José Carlos Pitangueira disse que um paciente levou uma pancada na cabeça, mas passa bem. Ele destacou o trabalho da equipe de profissionais do hospital que ao ser informada sobre o acidente se preparou para receber os feridos.

“Com a eficiência do serviço de traumatismo do HGCA, em 10 minutos já estava tudo preparado para receber os pacientes e graças a Deus, só escoriações e algumas fraturas. Nada de grave com ninguém, a não ser um paciente que teve uma pancada na cabeça, foi suturado, mas tudo sem problema. Já estávamos preparados para fazer esse atendimento porque nós temos um sinal vermelho. Quando esse sinal vermelho dispara, todo mundo do hospital já sabe o que vai fazer, isso é aquele treinamento que nós participamos e que hoje, e sempre usamos para realizar um bom atendimento”, informou o diretor ao Acorda Cidade.
Com informações dos repórteres Ed Santos e Paulo José do Acorda Cidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here