Moradores do Feira X cantam e dançam para protestar contra o aumento da passagem em Feira de Santana

0
70

O aumento da tarifa do transporte público em Feira de Santana, que começou a vigorar na segunda-feira (7), tem gerado muitas manifestações da população e uma série de reclamações relacionadas à qualidade do serviço. Os novos valores para a sede do município e distritos de Jaíba, Maria Quitéria, Matinha, Governador João Durval Carneiro e Humildes passaram de R$ 3,80 para R$ 3,95 em dinheiro e R$ 3,48 para R$ 3,60 no cartão Via Feira. Nos distritos de Bonfim de Feira, Jaguara e Tiquaruçu a passagem agora é R$ 4,44.

O Acorda Cidade foi às ruas ouvir a opinião da população e a maioria das reclamações envolve o tempo de espera dos ônibus, falta de limpeza, falta de pontos de ônibus, pontos de ônibus inapropriados e deteriorados e também queixas em relação ao serviço das vans que fazem o transporte alternativo.

O internauta Alan Bruno Freitas Miranda, conhecido como Barro, morador do Conjunto Feira X, em Feira de Santana, que sempre se manifesta em relação aos problemas da cidade através de vídeos e postagens de humor e é figura carimbada nas redes sociais, resolveu chamar a atenção sobre o assunto e criou uma paródia sobre o aumento da passagem.

Ele considera o reajuste abusivo e listou vários problemas relacionados ao transporte público no Conjunto Feira X. Para ele, a superlotação dos transportes é uma condição muito ruim e do jeito que está o povo vai ter que andar a pé.

No texto da paródia Barro diz:
Se você não ia… agora é que não vai… se você você não ia, agora é que não vai… de pé tu vai… de pé tu vai… de pé tu vai… vai vai vai vai vai vai
Em Feira de Santana passagem só faz subir.
População lascada, desse jeito vai falir.
Os alunos estão se enraivando.
Tá que pariu doido
E o pobre se lascando
Umbora todo mundo contra essa politicagem
Até o cachorro lá de casa,tá pagando a passagem.
Se você não ia… agora é que não vai… se você você não ia, agora é que não vai… de pé tu vai de pé tu vai…

Na tarde de terça-feira (8), ele reuniu amigos e moradores do Conjunto Feira X, parou um ônibus que rodava no local e o grupo cantou e dançou a paródia com o objetivo de protestar.

“Li a notícia no Acorda Cidade que a passagem iria aumentar e fiquei indignado. Ontem já vi um ônibus rodando e cobrando a passagem mais cara. Chamei o pessoal e fomos para frente do veículo cantar a música e protestar sobre o aumento”, contou.

A paródia criada por Barro já viralizou nas redes sociais e tem até coreografia. Será que esse movimento de protesto vai pegar? Se depender da animação dos passageiros, não vai ser difícil trocar o transporte coletivo por uma boa caminhada.

Caminhar no calor e no sol de Feira de Santana pode até ser positivo pela absorção de vitamina D, economia de dinheiro e combate ao sedentarismo. Por outro lado, o camarada corre também o risco de ser assaltado ou não chegar ao destino final com segurança. Para você qual seria a melhor opção?

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here