Educação profissional do SENAI-BA é porta de entrada para o mercado do trabalho

0
46

 

Instituição possui mais de 40 cursos técnicos com 50% de empregabilidade dos ex-alunos.

Alunos no Laboratório de Medidas Elétricas do SENAI Bahia (Valter Pontes/Coperphoto/Sistema FIEB)
Até o 2° ano do Ensino Médio, cursado num colégio da rede pública estadual de Camaçari, Douglas Souza, 21 anos, não imaginava o que seria da sua vida profissional. Quando sua escola recebeu a visita de representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial da Bahia (SENAI-BA), para falar sobre os cursos profissionalizantes da instituição, ele decidiu investir em formação. Pouco tempo depois de ingressar no Técnico em Eletrotécnica, já estava motivado a seguir estudando.

O jovem agarrou a oportunidade de estágio numa empresa, líder em tensoativos e especialidades químicas, e, ao final da experiência, foi contratado por uma das maiores fabricantes de pneu do mundo como técnico de manutenção elétrica de máquinas, onde trabalha há mais de um ano. “O SENAI transformou minha vida. Tenho carro, comprei apartamento. E, mais do que isso, passei a planejar minha vida”, afirma o jovem.

Douglas Souza é técnico de manutenção elétrica de máquinas numa grande fabricante de pneus (Valter Pontes/Coperphoto/Sistema FIEB)
Cerca de 7 mil estudantes ingressam a cada ano no SENAI Bahia para fazer cursos técnicos.  Além da qualidade das aulas ofertadas, atestada por bons índices de empregabilidade de seus ex-alunos – cerca de 50%, mesmo em tempos de crise – o SENAI desenvolve uma série de habilidades requeridas pelo mercado de trabalho industrial.

A instituição, que integra um dos cinco maiores complexos de Educação Profissional do mundo e o maior da América Latina, forma profissionais para diversas áreas da indústria brasileira, desde 1942. Para isto, aposta em formatos educacionais diferenciados e inovadores, com experiências reais do dia a dia de trabalho de uma indústria.

“A sociedade de hoje requer indivíduos criativos, flexíveis, familiarizados com o mundo digital e com as demandas e desafios das empresas, que se comuniquem bem e que se adaptem aos ambientes diversificados de trabalho. Neste cenário, o trabalho em equipe e a proatividade são fundamentais para o sucesso de ações e estratégias das organizações”, explica a gerente de Educação Profissional do SENAI-BA, Patrícia Evangelista.

SENAI-BA aposta em formatos educacionais diferenciados e inovadores, explica a gerente de Educação Profissional, Patrícia Evangelista (Valter Pontes/Coperphoto/Sistema FIEB)
Saiba mais sobre os cursos técnicos SENAI-BA em: www.tecnicosenai.com.br.

Alta qualidade
O SENAI-BA atua em mais de 30 segmentos industriais e possui mais de 40 cursos técnicos em seu portfólio. É referência em Educação Profissional e conta com iniciativas pioneiras, muitas das quais são reproduzidas em outros estados. Uma destas iniciativas é a adoção da metodologia Theoprax, implantada na Bahia há 11 anos, em parceria com o Instituto Fraunhofer, da Alemanha. Representa hoje um diferencial na execução de projetos pelos alunos, aplicados na indústria.

“Costumo dizer que os alunos do SENAI chegam aqui quase prontos. Já tivemos muitos estagiários oriundos dos cursos da instituição e vários foram efetivados pela empresa”, revela o diretor geral de pós-vendas de nove concessionárias de veículos no estado da Bahia, Francisco Pinto.

Novo SENAI Camaçari atende 660 alunos por turno (Valter Pontes/Coperphoto/Sistema FIEB)
A forma de produzir e gerar novos negócios está mudando o mercado de trabalho e a instituição já utiliza diversos recursos presentes nesta transformação digital, como ferramentas de realidade aumentada e simulações computacionais. “O SENAI-BA compreende o momento estratégico do setor e a necessidade de mudança de paradigma industrial/tecnológico em direção à plataforma 4.0”, pontua o diretor da instituição na Bahia, Rodrigo Vasconcelos.

A relação de confiança entre dirigentes de diversas cadeias produtivas da indústria com o SENAI-BA resulta em parcerias “ganha-ganha”, como a construção e montagem do novo Laboratório Automotivo do SENAI Dendezeiros, em parceria com o Grupo FCA (Fiat Chrysler Automobiles).  Inaugurado em agosto do ano passado, o espaço de 570 metros quadrados conta com equipamentos e veículos de última geração, um verdadeiro polo de formação de bons profissionais.

Novo Laboratório Automotivo do SENAI Dendezeiros, inaugurado em 2018 (Valter Pontes/Coperphoto/Sistema FIEB)
Rússia
Os alunos de cursos técnicos do SENAI, selecionados em seus estados e em provas nacionais, vão representar o país no WorldSkills 2019, torneio internacional de profissões. Pela primeira vez, estudantes da Bahia tiveram destaque em três ocupações e irão à Kazan, na Rússia, participar da maior competição de educação profissional do mundo, que acontecerá entre 22 e 27 de agosto.

Foram meses de treinamentos, três etapas de disputas – escolares, estaduais e nacional -, além de provas eliminatórias no rigoroso processo de seleção a que os atletas do conhecimento são submetidos até a conquista da vaga para participar da disputa. A Bahia levará representantes de três ocupações: Tecnologia de Laboratório Químico, Mecatrônica e Logística Internacional.

A delegada técnica da equipe baiana, Fernanda Mikulski, ressalta que o momento é especial para a educação profissional do SENAI-BA. “Essa é a primeira vez que a Bahia irá participar da competição internacional e estamos muito confiantes. Os competidores resolvem desafios da indústria, mobilizando seus conhecimentos, suas habilidades e suas atitudes, desenvolvidas no seu processo de formação e estimulados por docentes, mediadores de sua aprendizagem”, explica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here