Wesley marca duas vezes e Vitória vence o Vila Nova fora de casa

0
14

Wesley marcou os dois gols do Vitória e garantiu o triunfo rubro-negro fora de casa (Foto: Heber Gomes/Estadão Conteúdo )

Eficiência. Essa foi a tônica do triunfo do Vitória por 2×0 sobre o Vila Nova, na noite desta terça-feira (3), no estádio Olímpico, em Goiânia, pela 21ª rodada da Série B do Brasileirão. Em uma noite inspirada, o atacante Wesley marcou os dois gols da partida e ampliou a sequência invicta do Leão para sete jogos.

No confronto direto contra o rebaixamento, o resultado deixou o Vitória com 24 pontos e abriu três para a zona de rebaixamento. Já o Vila Nova segue com os mesmos 21 que começou a rodada e permanece no Z4.

O próximo compromisso do Leão será contra o Guarani, no dia 14 de setembro, às 16h30, no Barradão.

Com o objetivo de colocar em campo um Vitória mais sólido defensivamente, Amadeu montou a equipe com três volantes. A estratégia não deu muito certo nos primeiros minutos. Apesar dos três homens de marcação, o Vila começou a partida com mais posse de bola e facilidade para entrar na área rubro-negra.

No entanto, as tentativas do time goiano em explorar as jogadas pelo lado do campo eram frustradas pela falta de qualidade, principalmente com o lateral-direito Jeferson. O único lance de perigo dos donos da casa na primeira etapa foi um chute de Alan Mineiro, de fora da área, que Ronaldo defendeu.

Enquanto isso, o Vitória não conseguia ameaçar o rival. Isolados, Wesley e Anselmo Ramon quase não viam a cor da bola. A coisa só começou a mudar para o Leão aos 27 minutos. Na primeira vez em que conseguiu chegar ao ataque, Wesley pegou a sobra do escanteio e chutou forte. A bola desviou na defesa, encobriu o goleiro Rafael Santos e foi morrer no fundo das redes.

O gol animou o rubro-negro, que passou a jogar mais solto. Aos 39 minutos, Lucas Cândido lançou Wesley na frente. O atacante fez bonita tabela com Felipe Gedoz e chutou forte para ampliar a vantagem rubro-negra: 2×0.

Só pressão
O Vitória voltou para o segundo tempo com o mesmo time. Com o prejuízo no placar, o Vila Nova se lançou ao ataque. O chute cruzado de Mailson passou na frente do gol, mas Carlinhos não conseguiu desviar. Logo depois, foi a vez de Diego Jussani cruzar bola na área. A bola passou por todo mundo e foi na direção do gol, só que Ronaldo fez grande defesa.

O goleiro rubro-negro voltou a aparecer aos 15 minutos, no chute forte de Mailson, que mandou para escanteio. Quando a bola passou, Ronaldo contou com a sorte. A defesa não conseguiu cortar a falta cobrada por Alan Mineiro e a redonda explodiu na trave.

Para tentar mudar o panorama e ter mais controle da partida, Amadeu sacou Felipe Gedoz e colocou Chiquinho em campo. A mudança não surtiu muito efeito e o Vila Nova seguiu com mais posse de bola. Mas, diante da ineficiência do adversário, restou ao Leão apenas esperar o apito final e comemorar mais um triunfo fora de casa no campeonato.

Fonte: Correio On Line

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here