Mais 20 mil pessoas desempregadas

0
43

Mais 20 mil baianos devem se juntar aos cerca de 13 milhões de brasileiros que estão desempregados, devido à decisão da Petrobras de sair do estado, segundo estimativas do Sindipetro-BA. Esse é mais um passo da estatal, que caminha para a privatização.

De acordo com o diretor do Sindipetro, Radiovaldo Costa, a saída da companhia enfraquece o segmento industrial baiano. “A Petrobras é a maior empresa da Bahia, que ainda é um estado pouco industrializado. Aqui, o peso da indústria não é tão grande quanto em outros estados, principalmente do Sudeste brasileiro. E isso [a presença da Petrobras na Bahia] acaba fortalecendo o nosso segmento industrial e atraindo outros investimentos da indústria para se constituírem e consolidarem na Bahia, gerando empregos e impulsionando a economia”, afirmou.

Radiovaldo Costa ainda alerta que a saída da Petrobras da Bahia coloca em risco a permanência da estatal em outros estados nordestinos. “Quando ela [a Petrobras] define que vai sair da Bahia, isso impacta todo o Nordeste. Isso porque de todo o Norte e Nordeste, a Bahia possui a maior presença e participação. É aqui que a Petrobras atua nos seus mais diversos ramos e segmentos industriais, diferentemente de outros estados do Sudeste”, explica.

A soberania energética do Brasil também está em jogo, segundo o diretor. Radiovaldo diz que para um país se desenvolver, precisa investir na produção de energia. “Quem controla a energia, controla consequentemente a capacidade e o potencial de crescimento do presente e do futuro. A disputa pelo controle da energia é histórica, desde o início dos tempos até hoje, e os grandes países tentam controlar as fontes de energia ou desenvolver novas para se consolidarem e se estabelecerem.”

Com o slogan “A Petrobras fica!”, o Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro) lançará nesta segunda-feira (16) uma campanha publicitária com o objetivo de conscientizar e mobilizar os trabalhadores terceirizados e concursados da petroleira, além da sociedade civil, sobre a importância da permanência da Petrobras para a economia da Bahia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here