Com pênalti no fim, Bahia finda tabu contra o Grêmio e volta a colar no G-6

0
23

O Bahia quebrou um longo tabu no Brasilierão na noite desta quarta-feira, 16. O Tricolor baiano superou pela primeira vez o Grêmio em Porto Alegre, e, de quebra, findou um jejum de três jogos sem vencer na Série A. Com pênalti no fim marcado pelo VAR, o Esquadrão derrotou o time da casa por 1 a 0 e volta a colar no G-6, grupo que se classifica para a Libertadores. O gol foi assinalado por Arthur Caike.

>>Veja tabela de classificação e jogos da Série A

Agora, a equipe comandada por Roger Machado ocupa a sétima posição da tabela de classificação com 41 pontos, mesma pontuação do tricolor gaúcho, que fica na frente apenas pelo saldo de gols.

O próximo compromisso do Esquadrão será em Salvador, na segunda 21, diante do Ceará, na Arena Fonte Nova. O duelo é válido pela 27ª rodada.

O jogo

Mesmo atuando na Arena do Grêmio, o Bahia começou a partida em cima dos donos da casa. Logo aos 3 minutos, Artur cobrou falta com perigo e Paulo Victor bateu roupa, jogando para escanteio. Quatro minutos depois, Kanneman perdeu a bola no campo de defesa para Artur, que passou para Gregore tentar de primeira, mas a bola explodiu na zaga.

Aos 11, o Esquadrão avançou em velocidade com Artur, que deixou o marcador para trás e bateu em cima de Paulo Victor. A partir daí, o time do Bahia começou a perder força na partida. O Grêmio subiu suas linhas e começou a pressionar a equipe de Roger Machado, que apostava no contra-ataque.

A velocidade de Élber era uma das poucas alternativas do time do Bahia que tentava, a todo custo, sair para o jogo. Aos 24, o atacante fez fila na defesa gremista, rolou para Guerra, que limpou a jogada, mas, na hora de finalizar, acabou desarmado.

Aos 33 minutos, Cebolinha fez grande jogada pela direita. Após trombar com a defesa, o atacante conseguiu cruzar travado e, no rebote, Luan finalizou no canot direito do goleiro Douglas, que se recuperou bem para fazer a intervenção e impedir o gol da equipe gaúcha.

Cinco minutos depois, Alisson recebeu na intermediária, foi avançando livre de marcação e arriscou de fora da área com muito veneno para nova defesa do arqueiro do Esquadrão, dessa vez, em dois tempos. Antes do fim da primeira etapa, aos 43, a bola ainda beliscou o travessão de Douglas, após jogada de Tardeli.

O segundo tempo também começou movimentado. Logo aos cinco, Matheus Henrique perdeu para Guerra na entrada da área, mas o meia colombiano finalizou em cima de Pedro Geromel. No rebote, Artur mandou para fora. A reposta do time da casa veio aos 9 minutos. Thaciano, que entrou no lugar de Maicon, bateu colocado com perigo.

Em contra-ataque puxado por Artur, Guerra recebeu dentro da área, mas tentou o passe para Gilberto e perdeu boa oportunidade. Aos 34, Élber fez jogada individual e soltou a bomba. Paulo Victor espalmou e a bola ainda bateu no travessão antes de sair.

Aos 44, Marco Antônio, que havia entrado no lugar de Guerra, invadiu a área e foi derrubado por Léo Moura. O árbitro mandou o lance seguir, mas voltou atrás após consultar o VAR. Arthur Caíke cobrou bem e mandou no cantinho da meta de Paulo Victor, que nem se mexeu. Nos minutos finais, o Grêmio tentou o empate, mas esbarrou na bem postada defesa do Bahia.

 

Fonte: A Tarde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here