Voos internacionais para a Bahia terão incremento a partir de dezembro

0
28

Depois do retorno dos voos da TAP, em setembro, ligando Portugal a Salvador, novas rotas internacionais para a Bahia serão retomadas a partir de dezembro, no processo de reabertura da pandemia. Já no dia 2 de dezembro, a rota entre a capital baiana e Buenos Aires, operada pelas Aerolineas Argentinas, estará de volta. A partir do dia 16, retornam as operações da Air Europa, provenientes de Madri. E no dia 30, a ligação com Santiago do Chile pela JetSmart também deverá ser retomada.

A TAP disponibilizará uma frequência extra, entre 15 de dezembro e 10 de janeiro, além das duas já em operação, com voos entre Salvador e Lisboa às segundas, quartas e sábados. As chegadas à capital baiana serão às 5h05 e as partidas para a capital portuguesa, às 20h05, sempre nos mesmos dias. Os voos são operados por aeronaves A-339, com 298 assentos.

A retomada da ligação entre Salvador e Buenos Aires pela Aerolineas Argentinas terá duas frequências semanais. As saídas de Buenos Aires serão às quartas-feiras e sábados, às 6h, com chegada à Bahia às 10h20. Já a contrapartida será às quintas-feiras e domingos, com saída de Salvador às 10h35 e chegada às 15h25 na capital argentina. A rota será feita por aeronaves B-737-800, com 170 assentos.

Pela Air Europa haverá também duas frequências semanais entre a Espanha e a Bahia. As saídas de Madri serão às terças e quintas-feiras, às 15h25, com chegada a Salvador às 20h30. Os voos de volta serão às quartas e sextas-feiras, às 16h35. A operação será com boeings B-788, de 296 assentos.

A volta dos voos da companhia de baixo custo chilena JetSmart está programada para 30 de dezembro, mas, segundo a assessoria de imprensa da empresa, depende ainda da abertura de fronteiras pelo governo do Chile. As partidas de Santiago para Salvador estão programadas para às quartas-feiras e domingos, às 6h05, com chegada às 11h35, em aeronaves A-320. A capacidade é de 186 assentos.

Para o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, a recuperação da malha aérea, que sofreu grande redução no auge da pandemia da Covid-19, é fundamental para que mais turistas venham conhecer os atrativos da Bahia. “Ainda estamos longe do ideal, mas a retomada gradual dos voos internacionais permitirá uma volta mais expressiva de turistas estrangeiros circulando pelos nossos principais destinos durante a alta estação”, afirmou.

Retrospecto

Antes da pandemia, o número de voos internacionais regulares para a Bahia obteve significativo aumento. Em 2019, a média de frequências mensais chegou a 109, um recorde na série histórica iniciada em 2013. Também foram quebrados os recordes de frequências em um único mês, com 140, em janeiro de 2019, e 33 em uma única semana, no período de 24 a 30 de dezembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here