Fraude veicular: Em ação rápida da PRF, mais 3 veículos foram recuperados em trechos baianos das Brs 101, 116 e 242

0
58

No combate à criminalidade, policiais rodoviários federais recuperaram três veículos com ocorrência furto/roubo, em trechos dos municípios de Vitória da Conquista, Itaberaba e Conceição do Jacuípe. As ações aconteceram na segunda-feira (25/01).

A primeira ocorrência foi registrada em Vitória da Conquista, na altura do quilômetro 830 da BR 116, uma equipe da PRF deu ordem de parada a uma caminhonete FIAT/Strada com placas de Campo Belo (MG). O veículo era conduzido por um homem de 47 anos que trabalha como pedreiro.

Durante a fiscalização no veículo, foram encontradas indícios de adulterações nos elementos identificadores, como supressão de etiquetas obrigatórias. Os PRFs decidiram aprofundar a verificação no carro e com técnicas de análise criminal em fraude veicular perceberam que os caracteres identificatório do motor e chassi apontavam para outro veículo, da mesma marca e modelo.

Após pesquisa nos sistemas informatizados da PRF, os policiais constataram se tratar na realidade de um veículo furtado no ano de 2018 e que estava circulando clonado e com placas trocadas para tentar despistar fiscalizações da polícia. Ele também apresentou um CRLV com indícios de falsificação.

Questionado, o homem relatou que adquiriu a Strada mediante troca em um veículo mais antigo e deu ainda uma motocicleta e mais 10.000 reais para fechar o negócio. Que não sabia da procedência criminosa e no ato da compra lhe foi informado que o veículo não poderia ser transferido para seu nome, pois o antigo proprietário já era falecido.

Em seguida, o motorista foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia, para formalização dos procedimentos judiciais pelos crimes previstos no art. 180 (Receptação) e mais o art. 304 (Uso documento falso), ambos do Código Penal.

Já no município de Itaberaba, às 15h00, durante fiscalização no KM 225 da BR 242, quando os policiais avistaram uma motocicleta Honda/Cg 150 Titan circulando na rodovia em atitude suspeita.

A equipe decidiu abordar a moto para uma consulta detalhada e ao analisar o chassi constatou-se que os caracteres haviam sido suprimidos/apagados, o que caracteriza o crime de adulteração. Descobriu-se que a Cg 150 circulava com placa trocada, pois a original possuía registro de roubo.

O condutor de 21 anos que reside na zona rural de Itaberaba foi preso. A motocicleta apresentava também cor alterada e foi encaminhada para a Polícia Civil para registro da recuperação e posterior devolução ao legítimo proprietário.

Por último, por volta das 17h00, durante fiscalização em trecho do município de Conceição de Jacuípe (BA), localizado no Km 160 da BR 101, foi dada ordem de parada ao veículo Fiat/Strada, com 01 ocupante.

Durante a fiscalização, os PRFs solicitaram os documentos de porte obrigatório para uma consulta detalhada.

Ao proceder com a vistoria no veículo, os policiais perceberam que a placa não batia com outros números identificadores do veículo e possuía adulterações no motor e chassi. Constatou-se tambem que a etiqueta de identificação da carroceria havia sido retirada.

O motorista que é um idoso de 64 anos foi apresentado na Delegacia de Polícia Judiciária pelos crimes de receptação (art. 180) e adulteração de sinal identificador de veículo automotor (art. 311), do Código Penal Brasileiro.

Destaca-se que a Polícia Rodoviária Federal recuperou, em 2020, no âmbito das rodovias federais da Bahia, um total de 900 veículos furtados/roubados, além de outros 641 que foram apreendidos por apresentarem adulterações nos itens de identificação veicular.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here