Organizadores de festa cancelada após ameaça de traficantes pedem que SSP-BA libere o evento: “prejuízo enorme”

0
122

Os organizadores do Baile do Embrasa, festa que contaria com apresentação do MC Poze, estão aflitos e tentado convencer integrantes do governo estadual a manter o evento. Após membros de uma facção criminosa ameaçarem o artista, a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) anunciou a proibição da festa, que está marcada para este sábado (30), no Alto do Andú.

Os responsáveis pelo baile pedem que o evento seja mantido, pois a estrutura já está toda montada, há diversas pessoas trabalhando e equipes de segurança contratadas para garantir a tranquilidade da festa. Eles asseguram que MC Poze não irá mais se apresentar, por conta da determinação do governo, mas é possível realizar o baile com as outras atrações.

“Se a festa for cancelada, o prejuízo será enorme. Muitas pessoas se mobilizaram para realizar esse evento. Depois de dois anos parados, estamos há dois meses preparando essa festa. Tem pessoas vindo de fora pra festa. Estou há três dias sem dormir por causa disso […] Fechamos duas equipes de segurança privada, temos equipes de palco, limpeza. Essa decisão de cancelar foi um baque. Só queremos trabalhar, temos o palco armado, todos os alvarás e pagamos os cachês dos outros artistas”, desabafou um dos organizadores do Baile do Embrasa, em entrevista ao Balanço Geral.

Ele contou que tentou se reunir com o secretário estadual de Segurança Pública, mas ainda não conseguiu. “Podemos ter o apoio da PM e fazer o evento, sem MC Poze. Não fizemos nada na ilegalidade. Pedimos o amparo das autoridades”, reforçou o empresário.

Fonte: Bnews

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here