Primeiro dia de Festival Virada Salvador teve Iza, Claudia Leitte e mais

0
82

 

Evento terá um total de 70 horas de música e mais de 300 artistas até dia 1º

 

Foi dada a largada do Festival Virada Salvador 2020! O sábado (28) foi o primeiro dos cinco dias do maior Réveillon do Brasil, na orla da Boca do Rio, que segue até dia 1º. A entrada na arena pode ser feita por dois acessos controlados, com revistas: um para quem chega da Boca do Rio e outro do Jardim de Alah.

O Festival Virada Salvador terá, no total, 70 horas de música em cinco dias de programação e mais de 300 artistas envolvidos. Tudo isso com o conforto de uma operação especial montada pela prefeitura que envolve estacionamento, reforço nas linhas de ônibus, de táxi, mototáxi e transporte por aplicativo, além de segurança. Acompanhe vídeo ao vivo deste sábado (28).

Confira abaixo os bastidores do primeiro dia de festival.

***

00h30 ● Até amanhã!
Festival ainda tem Bell Marques e Xand Avião. A partir de agora, porém, o CORREIO segue a cobertura do Festival Virada Salvador através do Instagram (@correio24horas). Acompanhe tudo através dos nossos Stories. Voltaremos neste domingo (29) com mais informações de bastidores e notícias completas do evento. Aproveite e relembre tudo o que aconteceu neste primeiro dia de evento abaixo.

00h20 ● Chega ao fim o show de Claudia Leitte
Terceira atração principal do Festival Virada Salvador, Claudia Leitte mostrou que está com toda a energia para agitar no Carnaval. Confira resumão do que rolou no show da loira aqui.

 

00h ● Só elogios…

“Eu quero mandar um beijo muito especial para Neto, nosso prefeito, que é parceiro nosso. É um cara que investe em educação, saúde e em entretenimento, alegria. Porque a gente precisa de tudo equilibrado. A gente precisa e merece ter tudo equilibrado (…). Muito obrigada, Neto, por essa festa linda. E por transformar Salvador na alegria que a gente vê quando a gente pisa aqui”, declarou Claudia Leitte antes de cantar Bolha de Sabão, música que fez sucesso quando ela ainda era vocalista da banda Babado Novo.

23h46 ● Apresentação de Claudinha vai chegando ao fim…

Pregando a diversidade, descendo até o chão, com paixão, suingue, samba e batucada, Claudia Leitte faz a festa de milhares de fãs fiéis que acompanham sua apresentação na primeira noite do Festival Virada Salvador, na Boca do Rio. Ela abriu o show ao som de “Claudinha Bagunceira” e cantou cucessos como “Largadinho”, “Amor Perfeito”, “Baldin de Gelo”, “Bolha de Sabão” e as novas “Bandera” e “Let’s Go”. Claudinha fez uma verdadeira mistura de grandes sucessos da artista e as canções que integram o novo álbum e turnê, também intitulados Bandera.

“Estou sempre feliz no palco. Para mim, fã é quase família, e eu só quero ser feliz. É dessa forma que termino um ano e começo o outro: com alegria, olhando no olho, beijando na boca”, declarou a cantora, durante coletiva de imprensa, antes de subir ao palco da Arena Daniela Mercury, neste sábado (28). Claudia aproveitou a temática do evento, que destaca a diversidade, para lembrar que Salvador é a cidade brasileira que mais encarna esse espírito.

“Sou cantora de Carnaval, subo num trio e canto durante seis horas ou mais, e vejo pessoas de todas as cores, gêneros e classes sociais. E, com dinheiro ou sem dinheiro, todos curtem o Carnaval de forma igual e todos se divertem. Salvador é a verdadeira escola da diversidade”, afirma.

 

Após cantar vários sucessos da sua carreira Claudia Leitte apresentou a sua música de trabalho, Perigosinha. Ela também contou com a participação de Danilo Moreno e Marta Lan, vocalistas da banda Filhos de Jorge.

22h34 ● Claudinha começa seu show!

E não tinha jeito melhor de começar sua apresentação. Claudinha entra ao som de Claudinha Bagunceira. Ela veste um body dourado com franjas. Em seguida, cantora emendou Dekolê, Largadinho, Baldin de Gelo e Taquitá. Confere a entrada dela e um trecho de Largadinho!

“Eu sinto uma energia maravilhosa vinda de vocês. Vocês são os maiores responsáveis por a gente ter as melhores festas do país. A gente faz as melhores festas do país porque a gente respeita a diversidade. Tá todo mundo junto e misturado em um só lugar. A alegria impera em Salvador (…). Agora vai começar o Carnaval de Salvador!”, anunciou Claudinha.

21h49 ● Chegou Claudinha Bagunceira!

Uma das atrações mais esperadas deste sábado (28), a cantora Claudia Leitte está neste momento na sala de imprensa, conversando com jornalistas de veículos locais e nacionais. Para 2020, o desejo da cantora é trabalhar e ser feliz.Foi assim que loira falou sobre as expectativas para o novo ano, durante o Festival da Virada 2019, em Salvador. A cantora fez questão de salientar que a participação não pode contemplar a totalidade do álbum Bandeira, mas que resgatou os grandes sucessos da carreira, a exemplo de Amor Perfeito.

Questionada sobre seu sonho para 2020, Claudinha respondeu: “Eu quero que a gente se olhe mais no olho pra produzir mais vida”.

“Meu trabalho, o que eu faço, implica em ser realizada. Eu não posso subir naquele palco pra ‘matar um frango’, como a gente diz, a grosso modo, quando a gente vai pra matar um cachê. Eu vou pra ser feliz. A gente nunca sabe o que vai acontecer no minuto seguinte, no dia seguinte. Eu estou aqui na sala de imprensa pra ser feliz, pra dividir o melhor que eu tenho com vocês. Eu sempre fiz isso”.

No repertório do show, as músicas tem como principal objetivo a diversão. Perigosinha, por exemplo, ganhou um vídeo com Anitta dançando. “Nós trataremos como honey moon… E a honey moon botou pra lascar “, disse.

Na entrevista, a cantora falou ainda sobre a força que a filha Bela, de 4 meses, a deu. Para se ter uma ideia, uma semana após dar a luz, a cantora já estava em estúdio.

21h10 ● Prefeito ACM Neto e vice-prefeito, Bruno Reis, estão no backstage

Salvador não é apenas a cidade do Carnaval, mas a cidade do Verão. Com essas palavras, o prefeito ACM Neto pontuou o sucesso do primeiro dia de Festival Virada, com hotéis lotados e um público recorde. Nem mesmo a ausência dos sertanejos Matheus & Kauan, comprometeu a diversão do primeiro dia, que contou com uma ampliação de 30 minutos em todas as apresentações para complementar a falta da dupla, que precisou cancelar os compromissos em virtude de um problema de saúde. “Estamos felizes com os números do festival e a quantidade de turistas presentes na cidade”, completou o prefeito.

O prefeito ACM Neto entrou na sala de imprensa logo após Iza conversar com os veículos locais e nacionais, no Festival Virada Salvador. “Estamos muitos felizes porque Salvador se tornou um grande destino procurado por pessoas do mundo todo, além do período do Carnaval. Vamos fazer, sem dúvidas, o melhor Réveillon do Brasil, gerando emprego e renda, o que ajuda a fornecer a imagem da cidade neste período do Verão”, afirmou.

Segundo ele, a expectativa é que, até o dia 1º, 2 milhões passem pela Arena Daniela Mercury, na Boca do Rio.

O vice-prefeito, Bruno Reis, ressaltou que o Festival Virada Salvador acaba contribuindo para movimentar vários setores da economia. “Em sete anos, conseguimos mudar a realidade da cidade e fizemos de Salvador um dos destinos mais procurados do Brasil para o Réveillon. Isso é bom pro camareiro do hotel, pra baiana de acarajé, pro vendendor de água de coco…”, citou.

Após se apresentar no Festival Virada Salvador, a carioca Iza conversa com a imprensa nos bastidores do evento. “Eu acho que festivais e shows abertos são os dois tipos de shows que eu mais gosto de fazer, porque eu acho legal essa troca de energia com outros artistas. E tem o público, que está ali na frente, a fim de ver qualquer artista. Quando o evento é aberto eu me realizo”, afirmou ela.

“Essa festa é maravilhosa. Eu pude correr em frente ao palco e perceber senhores e crianças, pessoas de todas as idades animadas e curtindo a festa. Isso só é possível graças a essa estrutura fantástica que nos permite interagir com nosso público, com toda a segurança e cuidado necessários”, disse a cantora.

 

Iza, que hoje faz parte do time do reality show The Voice Brasil, disse que esse ano foi divisor de águas na sua carreira. “2019 foi uma avalanche na minha vida. Muita coisa aconteceu ao mesmo tempo. Eu sonho alto para caramba e não esperava tudo isso.
Eu espero trabalhar mais no próximo ano e estou louca pra tirar férias em janeiro”, revelou ela, que pretende voltar para o Carnaval de Salvador em 2020: “Vou estar aqui em Salvador. Primeira vez que cantei no Carnaval foi ano passado e foi inacreditável. Quem passa Carnaval no Nordeste tem uma visão completamente diferente”.

Ao longo da conversa, Iza lembrou da origem humilde, em Olaria, Subúrbio do Rio de Janeiro. “Essa é uma realidade em minha vida e carreira. Vim do ‘asfalto’, como dizemos no Rio, mas é subúrbio carioca, então conheço bastante a realidade desse público que me acompanha nos shows e nas redes”, finalizou.

E no Camarote da Virada …

O diretor de finanças paulista David Luchetta veio pelo quarto consecutivo curtir o Festival Virada Salvador ao lado do marido Leonardo Grangeiro e de amigos no Camarote Virada. “A gente brinca que é baiano e nasceu em São Paulo por acaso”, disse rindo. O executivo elogiou o tema deste ano e a escolha de Iza como artista para abrir o festival. Habitués das festas baianas, como o Dia de Iemanjá, o grupo vai bater ponto no camarote todos os dias do festival. “Vamos revezar praia de dia e shows à noite”, finalizou.

O presidente da Companhia de Governança Eletrônica da Prefeitura Municipal de Salvador (Cogel), Alberto Braga, também está entre os políticos que circulam, neste sábado (28), pelo Camarote da Virada. Em abril, ele deixa a pasta para se candidatar novamente ao cargo de vereador nas eleições do ano que vem. “O festival entrou para o calendário internacional por conta da musculatura que possui. Saio da pasta de tecnologia da prefeitura para ser candidato e posso dizer que tenho aprendido bastante”.

O DJ Vintage Culture abriu sua apresentação com a música My Girl. Em seguida, ele tocou Losing. E quem disse que o público fica parado?

Enquanto isso…

A técnica de enfermagem Carla Gonçalves, 38 anos, levou o filho Carlos Henrique, 14, que tem paralisia cerebral, para o festival. “Ele adora ouvir música, se anima sempre quandocoloco em casa. Vim para o Festival Virada Salvador porque aqui tenho a oportunidade de diversão com total acesso pra ele. A chegada foi tranquila e estou assistindo o show sem nenhuma dificuldade. Espero conseguir vir nos próximos dias!”, revelou Carla.

20h34 ● Show de Matheus & Kauan cancelado

A cerca de uma hora, a dupla Matheus & Kauan compartilhou, no Instagram oficial da dupla que o show da dupla foi cancelado. Eles se apresentariam no Festival Virada Salvador logo após Bell Marques, neste sábado (28).

“Informamos que, por conta do estado de saúde do cantor Matheus Aleixo, que passou mal ao embarcar de Guarulhos (SP) para Ilhéus (BA) e não apresentou quadro de melhora para cumprir a agenda de shows, foram canceladas as apresentações da dupla Matheus e Kauan, que aconteceriam em Ilhéus (BA), no evento Batuba Beach Sound, e no Festival da Virada, em Salvador, hoje (28/12). Em breve, comunicaremos mais informações sobre o estado de saúde do cantor, que encontra-se no Hospital Sirio Libanês fazendo exames. Contamos e agradecemos a compreensão de todos”, diz a nota.

Mais tarde,  a organização do festival lamentou o ocorrido e desejou melhoras rápidas ao cantor. “Não haverá substituição da atração. A programação de hoje será ajustada para o público não ter que esperar por muito tempo sem que nenhuma atração esteja no palco”, diz nota enviada pela Prefeitura.

20h21 ● É dada a largada dos Pocket’s Virada!
A cantora Nêssa faz o primeiro Pocket Virada do festival. As apresentações musicais de 30 minutos acontecem nos intervalos dos shows principais de artistas da cena alternativa baiana. “É uma vitrine para artistas independentes. Vi vários artistas na grade e fiquei feliz”, disse Nêssa, antes de subir ao palco.

Estreante na festa de fim de ano soteropolitana, a carioca Iza terminou seu show. Ela não permitiu um só segundo de respiro às centenas de pessoas que estavam na Arena Daniela Mercury, na orla da Boca do Rio. Com Ginga, um de seus maiores hits, a cantora chamou a plateia para dançar os principais sucessos de seu álbum de estreia “Dona de Mim”, que também nomeia a turnê de lançamento de sua meteórica carreira, que rendeu grandes frutos em 2019, culminando no convite para o Réveillon de Salvador.

“Já cantei em Salvador, mas nesse festival será a primeira vez. Eu adoro festivais, gosto da energia do público e de dividir o palco com outros artistas. Espero que a gente se divirta muito. Quem estiver aqui vai ver muita dança e energia boa. Farei a performance do lançamento Evapora pela primeira vez em Salvador. Ano que vem, com certeza lançarei mais alguns singles e devo lançar o meu segundo álbum”, revelou Iza, antes de subir ao palco.

19h36 ● Homenagem
Após cumprimentar o público, Iza faz uma homenagem a Tim Maia e canta Gostava Tanto de Você.

A cantora Iza, 29 anos, que deu o que falar em 2019, já está na Arena Daniela Mercury animando o seu Bonde Pesadão. Ela entrou ao som de Corda Bamba, que faz parte do álbum Dona de Mim. Logo depois, a cantora seguiu com Ginga, um dos hits que emplacou esse ano.

18h59 ● Centro de acolhimento já atende 50 crianças em primeira noite do festival

Cinquenta crianças e adolescentes já estão atendidas no Centro de Acolhimento, Aprendizagem e Convivência situado nas dependências da Escola Municipal Luiza Mahim, no bairro de Armação. Nesse primeiro dia de funcionamento, os filhos de comerciantes informais que trabalham no Festival Virada Salvador já estão se divertindo com uma série de brincadeiras promovidas por agentes da Guarda Civil Municipal (GCM).

Funcionamento: O centro de acolhimento é disponibilizado pela Prefeitura, por meio da SPMJ e está situado na Avenida Simon Bolívar, nº 471, Armação. Com capacidade para até 100 crianças, o espaço começou a funcionar a partir das 7h deste sábado (28) e vai até as 12h do dia 2 de janeiro. As crianças têm direito a seis refeições diárias e a atrações especiais, envolvendo brincadeiras e atividades lúdicas. Uma equipe composta por 85 profissionais qualificados e capacitados, como assistentes sociais, psicólogos, pedagogos e educadores sociais, além da equipe de coordenação da SPMJ, está trabalhando diariamente no local.

Por meio de uma parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o Centro de Acolhimento, Aprendizagem e Convivência também está contando com a presença de um médico de plantão das 8h às 13h. O local também está aceitando doação de roupas, sapato se brinquedos para meninos e meninas de 0 a 17 anos.

18h42 ● Olha só a Arena Daniela Mercury!
Essa é a vista privilegiada de quem está no camarote do evento. Por lá, o Alô Alô, coluna do CORREIO, tem um espaço exclusivo.

O Alô Alô Bahia é o único veículo com um lounge dentro de um dos camarotes, para cobrir o evento em tempo real. Por aqui, além de políticos e empresários, também passarão artistas e personalidades das mais diversas áreas.

No Camarote da Virada do Festival Virada Salvador 2020, o público conta com opções gastronômicas que incluem Coxa Coxinha, Black Pepper Burger Enjoy, Di Mari Pizza & Festa, entre outras. Já na parte de bebidas, as opções variam entre Cerveja Bohemia, água, refrigerante, espumante Chandon, gin Tanqueray, Ciroc e muito mais.

O show de Iza, que estava marcado para 18h, mudou para 19h. A cantora, que falaria com a imprensa antes da apresentação, remarcou a coletiva para depois do show. E nós já estamos na grade!

Enquanto o show de Iza não começa, a cantora Nêssa, que fará uma apresentação (pocket virada) entre os shows de Iza e Vintage Culture, conversou com a imprensa nos bastidores. Os pockets são uma das novidades desse ano. São apresentações musicais de 30 minutos nos intervalos dos shows principais de artistas da cena alternativa baiana. A primeira a mostrar seu som para o público neste sábado será a cantora Nêssa. “É uma oportunidade de termos mais representatividade”, afirmou a artista, que montou um set com sucessos e inéditas. Ao longo dos cinco dias de evento serão 19 pocket shows.

As amigas Hanna Luz, 21 anos, estudante, Andressa Simões, 22, estudante, Bruna Dultra, 22 anos, tatuadora, vieram conferir o show de Iza neste primeiro dia de Festival Virada Salvador.

“A gente gosta do som dela e, principalmente, do que ela representa como mulher e negra”, disse Bruna.

“E ter a chance de vê-la em nossa cidade, abrindo o Festival, por tudo que ela representa, é imperdível”, completa Hanna.

Sofia de Jesus, 12 anos, convenceu a mãe, Antônia de Jesus, a a acompanhá-la no show de Iza no Festival Virada Salvador.
Ela pediu para chegar cedo pra garantir o espaço na grade.

“Eu cheguei 16h para não perder o lugar bem na frente! Ela é minha inspiração pra tudo e hoje é a minha oportunidade de ver ela de perto”.

(Foto: Gabriela Cruz/CORREIO)

***

17h48: Roda gitante comporta até 140 pessoas em cada passeio, distribuídas em 24 gôndolas
(Foto: Gabriela Cruz/CORREIO)Roda gigante

Um dos atrativos do Festival Virada Salvador é a roda-gigante de 36 metros de altura montada na Arena Daniela Mercury. Retroiluminada por 100 mil lâmpadas em LED, ela tem capacidade para atender mais de 10 mil pessoas por dia. Nos últimos anos, a roda já faz parte do cenário do evento. Gratuito, o equipamento é utilizado em diversos festivais pela América Latina.

Público começa a chegar ao festival
(Foto: Gabriela Cruz/CORREIO)Como chegar ao Festival?

Entre os dias 28 e 31 de dezembro, a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) vai prolongar o horário de atendimento de 32 linhas de ônibus, que vão circular das 14h até 6h da manhã do dia seguinte. Neste mesmo período, 56 veículos extras da frota reguladora também serão disponibilizados diariamente, das 22h às 6h, nas imediações do evento.

A Semob também criará a linha Estação Pituaçu x Boca do Rio, que contará com 36 veículos, e vai operar das 18h à meia-noite, atendendo aos usuários que utilizam o metrô e desejam se deslocar até o evento. No dia 1º, esta linha especial vai operar das 12h até 0h.

(Fotos: Jefferson Peixoto/Secom/PMS)

Quando começa o primeiro show?

A apresentação estava marcada para 18h. O primeiro show de hoje será de uma estreante no festival: a cantora Iza. Mas tudo indica que a apresentação só vai começar 19h. Com o “bonde pesadão” formado, a cantora levará banda e balé completos para a Arena Daniela Mercury e promete fazer todo o público entrar na dança. A apresentação dela terá um pouco da turnê “Dona de Mim”, que tem rodado o Brasil com base no primeiro álbum da cantora. O repertório incluirá canções como “Pesadão”, “Ginga” e os lançamentos “Brisa” e “Meu Talismã”.

Quem mais toca?

Além dela, a noite deste sábado promete com as apresentações da música eletrônica de Vintage Culture, do axé de Cláudia Leitte e Bell Marques, do sertanejo de Matheus e Kauan e do forró de Xand Avião.

Além das atrações principais, nomes da cena independente da música baiana se apresentam ao público nos intervalos, dentro do projeto Pocket Shows, novidade da edição deste ano do evento.

As atrações deste sábado (28)

Iza
Ubunto (Pocket Virada)
Vintage Culture
Old Boys (Pocket Virada)
Claudia Leitte
Nêssa (Pocket Virada)
Bell
Yan (Pocket Virada)
Matheus e Kauan
Lucas Banco (Pocket Virada)
Xand Avião

O que mais tem?

Além dos shows, da roda-gigante e da tirolesa, o público vai poder curtir a Vila Gastronômica, que dispõe de cerca de 40 estandes com um cardápio variado. A partir das 18h já é possível curtir atrações como a roda-gigante e, a partir das 17h, a tirolesa.

Confira como e onde vão funcionar os principais serviços da festa

Linhas de ônibus
Para quem vai à festa utilizando o transporte público, uma das opções é seguir por uma das 32 linhas de ônibus disponíveis para chegar ao local. Ao todo, a frota é composta por 400 veículos que passam pelos os principais pontos da cidade.

Outros 56 coletivos extras fazem parte da frota reguladora, que será utilizada de acordo com a demanda. O horário de atendimento dessas linhas será prolongado: deste sábado (28) a terça-feira (31), serão 32 linhas com horário prolongado das 14h até 6h da manhã do dia seguinte. A frota será das 22h às 6h na Boca do Rio, imediações do evento.

Uma linha especial para o festival será criada: Estação Pituaçu X Boca do Rio, que deve atender aos usuários que utilizam o metrô. Com 36 veículos, vai operar das 18h às 0h, com ponto de embarque e desembarque na Avenida Simon Bolivar, em frente à farmácia Drogasil.

Na quarta-feira (1º), no Pôr do Som, as linhas terão o atendimento prologando até 1h da manhã de quinta-feira (2). Além disso, serão disponibilizados 18 veículos da frota reguladora de 12h até 0h.A linha especial Estação Pituaçu X Boca do Rio funcionará das 12h até 0h.

Linhas que vão operar até 6h
CÓDIGO    LINHA

0218 Ribeira – Pituba0324 Marechal Rondon – Pituba0345 Boa Vista de São Caetano – Pituba1508 Pirajá Rv – Pituba1538 Conjunto Pirajá – Pituba1611 Paripe – Pituba1616 Plataforma – Pituba1634 Alto de Coutos – Pituba1637 Mirante Periperi – Boca do Rio1643 Fazenda Coutos – Pituba1644 Base Naval – Pituba1645 Alto de Santa Terezinha/Rio Sena – Pituba1114 Pernambués – Pituba1129 Cabula VI – Pituba1247 Tancredo Neves/Conj. Arvoredo – Estação Imbuí1231 Sussuarana – Barra R21238 Jardim Santo Inácio – Pituba1305 Castelo Branco – Pituba1305-03 Castelo Branco – Aeroclube1356 Nova Brasília – Pituba1363 Pau da Lima – Aeroclube1410 Cajazeiras 11 – Boca do Rio1420 Boca da Mata – Pituba0412 Duque de Caxias – Pituba0422 Pero Vaz – Itaigara0426 Santa Monica – Pituba0520 Cosme de Farias – Vale dos Rios0911 Vale dos Rios – Trobogy/Vl 2 de Julho0932 Rio das Pedras – Campo Grande R21030 Praia do Flamengo – Pça da Sé R11034 Parque São Cristóvão – Barroquinha1018 Alto do Coqueirinho – Campo Grande

Pontos de ônibus

Para as linhas sentido Centro: dois pontos para embarque e desembarque na Avenida Octávio Mangabeira (um em frente ao antigo restaurante Agdá e outro em frente ao restaurante Iemanjá). Para as linhas sentido Itapuã: as opções são o ponto na Avenida Octávio Mangabeira, em frente ao restaurante Iemanjá, ou o ponto provisório, na Praça Osório Vilas Boas.

Durante todo o período, 140 agentes da fiscalização de transporte da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) vão fazer o monitoramento em tempo real de todas as linhas por meio do Centro de Controle Operacional (CCO).

Transporte complementar
Os 300 micro-ônibus do Sistema de Transporte Especial Complementar (Stec) vão operar todos os dias até às 5h da manhã do dia seguinte.

Metrô
O funcionamento do sistema metroviário será normal: das 5h à meia-noite, todos os dias.

Táxis
Os pontos de táxis serão sinalizados com blimp, na Avenida Octávio Mangabeira.

Em frente ao Imeja (sentido Itapuã); Em frente restaurante Iemanjá (sentido Itapuã)

Mototáxi
Haverá um ponto nas imediações do evento, logo depois do ponto de táxis, na Avenida Octávio Mangabeira, em frente ao Imeja.
Só terão autorização para permanecer na área restrita os cerca de 1,5 mil mototaxistas regulamentados pela prefeitura.

Estacionamento
Haverá cerca de 1,2 mil vagas de Zona Azul ao longo da Avenida Octávio Mangabeira. Os valores será o tradicional para essa modalidade de estacionamento: R$ 3 por duas horas, R$ 6 por seis horas, e R$ 9 por 12 horas. É possível pagar com os operadores ou usar os apps da Zona Azul Digital.

As vagas estarão disponíveis nos seguintes locais:

Em frente ao restaurante Cubanakan; Em frente ao Hotel Alah Mar; Na Avenida Octávio Mangabeira (sentido Itapuã), na faixa à direita entre o Jardim de Alah e o supermercado Walmart;Em frente ao Parque de Pituaçu (sentido Pituba);Em frente às quadras na Boca do Rio (sentido Itapuã); Na Avenida Octávio Mangabeira (sentido Itapuã), a partir do cruzamento com a Avenida Jorge Amado;

Serão disponibilizadas, ainda, 324 vagas na área interna do novo Centro de Convenções, por R$30.

Onde será proibido estacionar?

Em ambos os sentidos da Avenida Octávio Mangabeira, nos trechos em frente ao Aeroclube e o Parque Atlântico; Também na Avenida Octávio Mangabeira, ambos os sentidos, a partir do restaurante Yemanjá até o cruzamento com a avenida Jorge Amado; Avenida Simon Bolívar; Rua Carimbamba; Avenida Iemanjá (sentido Pituba), em frente às edificações;Avenida Jorge Amado, entre a Rua da Amendoeira do Jardim Imperial e a orla;

Uber, 99POP e outros apps
Os passageiros de transporte por aplicativo terão pontos específicos para embarque e desembarque (que também devem ser usados por veículos particulares):

Avenida Octávio Mangabeira, nas imediações do restaurante Yemanjá (sentido Itapuã); Avenida Octávio Mangabeira, a partir do campo de futebol ao lado da escola Imeja (sentido Pituba);

​​​​​Bombeiros
Ao todo, serão 170 bombeiros militares divididos nos cinco dias, trabalhando sempre a partir das 16h. Eles trabalham em grupos de seis profissionais com mochila de primeiros socorros e uma padiola, que é um tipo de maca flexível para prestar primeiros atendimentos.

Haverá bombeiros dos três grupamentos de Salvador, com coordenação do 3º Grupamento de Bombeiros Militar (Iguatemi).

Polícia Militar
A segurança vai ser reforçada com a presença de cerca de dois mil policiais militares. Eles cuidarão do patrulhamento, da revista nos dois portais de acesso à arena, de bloqueios de trânsito, serviços de inteligência, e rondas nas áreas adjacentes.

A novidade desse ano é que será a primeira edição do festival com a tecnologia de reconhecimento facial da Secretaria da Segurança Pública da Bahia. Os portais de acesso vão ser equipados com câmeras de videomonitoramento, detectores de metal e efetivo qualificado para as revistas.

Também haverá reforço nas áreas externas, por meio do Esquadrão de Motociclistas Águia, da Operação de Repressão a Roubos a Ônibus e Veículos, do Esquadrão de Polícia Montada (Cavalaria) e do Grupamento Aéreo da PM.

Guarda Municipal
Além da PM, 550 agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) vão trabalhar na arena, com foco no patrulhamento preventivo e na segurança. Eles devem monitorar o evento através de 16 câmeras instaladas na região.

Postos de saúde
Um módulo assistencial, que deve funcionar nos mesmos moldes que os do Carnaval – foi instalado na Arena Daniela Mercury, ao lado do posto da Polícia Militar. Neste sábado (28) e até segunda-feira (30), o funcionamento será das 18h às 6h do dia seguinte. Na terça-feira (31), o atendimento é das 19h às 7h do dia seguinte. Na quarta-feira (1º), o funcionamento será das 15h às 3h.

A equipe é composta por mais de 100 profissionais envolvidos (entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistentes sociais e condutores), 20 leitos equipados com suporte avançado de vida e duas ambulâncias de prontidão para o transporte imediato de possíveis ocorrências com maior gravidade.

Outros 16 postos de urgência 24 horas da rede estadual, como Unidades de Pronto Atendimento (UPAs); a Emergência do Hospital Municipal e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) 192 funcionarão todos os dias, ininterruptamente, servindo de retaguarda para as ocorrências de maior complexidade. No Pronto Atendimento Alfredo Bureau, que fica no Marback, haverá o reforço de equipes para os casos que precisarem de avaliação com especialistas e/ou exames complementares.

Comidas e bebidas
A Secretaria Municipal da Ordem Pública (Semop) registrou 600 ambulantes que devem trabalhar na parte interna da festa. Já na área externa da arena, são esperados entre mil e 1,5 mil vendedores informais.

Poluição sonora
De acordo com a Semop, 24 fiscais de Combate e Controle a Poluição Sonora vão trabalhar dentro e fora do evento, além de 10 viaturas para apoio em todas as ações.

Salva-vidas
Durante todos os dias de festa, 30 prepostos da SalvaMar vão estar de plantão na área do evento.

Banheiros
Serão disponibilizados mais de 600 sanitários químicos dentro da arena. Confira a localização no mapa do evento:

(Imagem: Divulgação)

Onde vai ter queima de fogos em Salvador?
Além do Festival Virada, na Boca do Rio, a prefeitura vai disponibilizar queima de fogos de artifício em outros 18 locais de Salvador, incluindo as ilhas de Maré, dos Frades e de Bom Jesus dos Passos.

Boca do Rio – 2 pontos (Festival Virada)BarraRio Vermelho AmaralinaJardim de Alah Patamares Itapuã Cajazeiras Periperi Paripe Ribeira Boa Viagem Santo Antônio Além do CarmoPraia de Paramana (Ilha dos Frades)Praia Grande (Ilha de Maré)Santana (Ilha de Maré)Bananeiras (Ilha de Maré)Centro (Ilha de Maré)Ilha Bom Jesus dos PassosProgramação completa

Sábado (28/12)
Iza
Ubunto (Pocket Virada)
Vintage Culture
Old Boys (Pocket Virada)
Claudia Leitte
Bell
Yan (Pocket Virada)
Matheus e Kauan
Lucas Banco (Pocket Virada)
Xand Avião

Domingo (29/12)
Durval Lélys
Dj Leandro Vitrola (Pocket Virada)
Paralamas
LED (Pocket Virada)
Anitta
Dj Giulia Ciotti (Pocket Virada)
Luan Santana
Mr. Armeng (Pocket Virada)
Simone e Simaria

Segunda-feira (30/12)
Igor Kannario
FitDance (Pocket Virada)
Harmonia
Avinho (Pocket Virada)
Alok
Gusttavo Lima
Dj Raiz (Pocket Virada)
Wesley Safadão
FitDance (Pocket Virada)
Psirico

Terça-feira (31/12)
Lincoln & Duas Medidas
Old Boys (Pocket Virada)
Dennis Dj
Manigga (Pocket Virada)
Léo Santana
Dakaza (Pocket Virada)
Ivete Sangalo (comanda a virada do ano novo)
Filhos de Gandhy (participação)
Dj Mirtys Spencer (Pocket Virada)
Jorge e Mateus
Dj Santz (Pocket Virada)
Saia Rodada

Quarta-feira (1º/01)
Danniel Vieira
Cronista do Morro (Pocket Virada)
Ilê Ayê
Daniela Mercury
Aiace (Pocket Virada)
Olodum
Ylaa (Pocket Virada)
Saulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here