Aluna do Colégio de Aplicação recebe moção de aplausos da Câmara de Florianópolis

0
52

Rosa Maria, aluna do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ganhou uma Moção de Aplausos nesta quarta-feira, 4 de maio, por ter descoberto sete novos asteroides não catalogados. A cerimônia ocorreu no auditório do Colégio de Aplicação da UFSC, onde a aluna recebeu diversas homenagens e, além disso, realizou uma apresentação musical. “Estou muito feliz. É muito significativo pra mim, como forma de incentivo e de reconhecimento por todo esforço que tive para chegar até aqui”, contou Rosa Maria.

A moção é uma iniciativa da Comissão da Ciência e Tecnologia e da Comissão em Defesa dos Direitos da Mulheres e Promoção da Igualdade de Gênero, da Câmara Municipal de Florianópolis. O evento contou com a presença de vereadores e da diretora do Centro de Ciências da Educação (CED), Joana Célia dos Passos, eleita e indicada pelo Conselho Universitário para ser a próxima vice-reitora da Universidade. “Sua descoberta engrandece o Colégio de Aplicação, sua família e todos nós que acreditamos na ciência (…) Nós precisamos disso: gente que faça ciência, gente da escola pública. Essa defesa que a gente precisa ter sempre presente”, disse Joana na ocasião.

A professora do Departamento de Física e coordenadora do projeto de extensão Meninas na Ciência UFSC, Gabriela Ferreira, que irá orientar Rosa Maria na produção de um artigo científico, compareceu à cerimônia. Em sua fala, ela ressaltou a importância da rede de apoio da família, professores e colegas para a estudante continuar traçando sua trajetória como cientista. Para finalizar, Rosa Maria apresentou duas músicas. Ela só quer paz, de Projota, e Partilhar, de Rubel.

Rosa Maria participou do programa Caça Asteroide, projeto em conjunto com International Astronomical Seach Collaboration (IASC/NASA Parter), e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). Nesse curso, são analisadas imagens capturadas por um telescópio localizado no Havaí. Com as imagens, os estudantes devem identificar asteroides e objetos próximos à terra. A estudante descobriu sete asteroides não catalogados, que estão passando por um processo de análise do  IASC logo depois no Minor Planet Center (MPC), em Harvard.

Agora ela pretende lançar uma organização voltada para criação de projetos dentro do setor aeroespacial , criar equipes para participar de Olimpíadas Científicas e desenvolver um artigo com a professora Gabriela Ferrari. Além disso, Rosa começará um estágio no Planetário da UFSC.

Fonte: Noticias da UFSC

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here