Morre professor baleado durante tentativa de assalto no Rio Vermelho

0
440

O professor universitário Danilo Fortuna Mendes de Souza, 36 anos, morreu na noite deste  sábado (22), no Hospital Geral do Estado (HGE), onde estava internado desde a última quinta-feira (20) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) . Danilo foi atingido por um tiro na região abdominal durante assalto na Rua Potiguares, bairro do Rio Vermelho.

O professor foi encaminhado ao hospital e durante uma cirurgia para controlar a hemorragia, ele teve duas paradas cardíacas. O procedimento teve que ser interrompido. Durante todo o período em que esteve internado, familiaes informaram à imprensa que o quadro de saúde de Danilo era delicado e requeria muita atenção.

Danilo trabalhava na Universidade Católica de Salvador (Ucsal) (Foto: Acervo Pessoal)

Pelo fato de ter perdido muito sangue, a família de Danilo iniciou uma campanha para que doadores tipo sanguíneo O negativo pudessem ajudá-lo. Nas redes sociais, um dos primos do professor agradeceu a quem ajudou. “É com imensa dor que venho comunicar o falecimento de meu primo, Danilo  Fortuna, vítima da violência que assola nosso país. Muito obrigado a todos que compartilharam e doaram sangue. Ele era uma pessoa extraordinária. Assassinaram não só uma pessoa, mas toda uma família”, escreveu Paulo Américo.

O crime aconteceu próximo à entrada do campus da Unifacs, que fica na Rua do Canal. Testemunhas afirmaram que Danilo estava conversando próximo à instituição, quando os suspeitos anunciaram o assalto. Os homens, que estavam em um veículo modelo Gol, roubaram o celular do professor e fugiram. Antes, atiraram no professor, que foi atingido no abdômen, do lado direito.

A 12ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Rio Vermelho) fica a 450 metros de distância do local onde Danilo foi baleado.

Policiais militares socorreram o professor, que foi levado numa viatura para o HGE, acompanhado por uma aluna. O assalto aconteceu às 13h50 da quinta-feira (21), segundo o registro feito no hospital.

Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA) afirmou que a 7ª Delegacia (Rio Vermelho) vai investigar o crime, classificado como tentativa de latrocínio. Os suspeitos ainda não foram identificados.

 

Fonte: Correio On line

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here