Polícia prende tio e avô suspeitos de estuprar crianças da própria família; saiba como pai descobriu

0
56

Uma investigação conduzida pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) apontou que um tio e um avô estupraram todas as crianças pertencentes a uma mesma família. A dupla foi detida preventivamente pelos investigadores da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia) após a conclusão das investigações na segunda-feira (4).

As vítimas eram duas meninas, de 9 e 12 anos, e um menino, de 8 anos. Segundo a polícia, o crime ocorreu de maneira incessante ao longo de três meses, enquanto as crianças estavam de férias na casa dos agressores, no município de Mundo Novo, em Goiás.

Ainda de acordo com a investigação, os estupros ocorreram sequencialmente entre os meses de dezembro de 2018 e fevereiro de 2019. A polícia teve conhecimento do caso em abril de 2022, quando o pai das duas meninas abusadas suspeitou do crime e registrou um boletim na 26ª Delegacia.

De acordo com a coluna Na Mira, do Metrópoles, o pai das crianças percebeu a mudança de comportamento de uma das filhas quando elas retornaram para a casa da família, em Samambaia. Uma das meninas se tornou extremamente introspectiva e resistir a sair do quarto.

Ainda segundo a coluna, o homem decidiu acionar a psicóloga da igreja que costuma frequentar. Em conversa com as crianças, a profissional identificou que elas poderiam ter sido vítimas de abuso s3xual e, imediatamente, orientou o pai a procurar uma delegacia. Durante depoimento prestado pelas garotas, todos os detalhes sobre os estupros foram revelados.

Fonte: bnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here