Goianos usam 13º salário para realizar sonho da casa própria; saiba detalhes

0
60

Goianos usam recurso para entrada ou abatimento do financiamento de imóveis

Até o próximo dia 20 de dezembro mais de 87 milhões de brasileiros devem receber integralmente o valor do 13º salário a que têm direito, segundo dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). A data marca o prazo limite para que os trabalhadores formais (com carteira assinada), servidores públicos e beneficiários da Previdência Social (aposentados e pensionistas) recebam a segunda parcela do abono de fim de ano ou parcela única com valor total do benefício. 

Ainda de acordo com o Dieese, o valor médio do abono natalino a ser pago neste ano é de R$ 3.057,00. Apesar de parecer pouco frente ao valor total do imóvel, o recurso vem sendo utilizado para a compra do primeiro imóvel. É o que diz o especialista do mercado imobiliário e sócio da URBS Connect, Anderson Andreoli, que vem registrando o aumento da procura de imóveis em dezembro.

Ele explica que muitas construtoras estão com campanhas promocionais e eventos para receber este público no fim de ano,  especialmente os projetos enquadrados no Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV).

“O bônus extra ajuda na complementação da entrada do imóvel”, explica. Andreoli esclarece que, mesmo as famílias que conseguem enquadramento e subsídio do MCMV, precisam pagar pelo menos 10% da entrada do imóvel. “É nesta hora que o recurso ajuda, pois ele se soma à reserva de FGTS do trabalhador”, completa.

O especialista imobiliário acrescenta que o 13º também é um recurso muito esperado para quem já está pagando um financiamento. “Muita gente gosta de usar esse recurso para pagar valores referentes às chaves, para quitar aquelas parcelas intercaladas, ou, até mesmo, adiantar prestações e com isso conseguir bom desconto nas parcelas futuras”, afirma.

O diretor da URBS Connect lembra ainda que o fim de ano também favorece a busca por imóvel, pois, com os recessos de fim de ano, as famílias usam este período para a pesquisa e a decisão de compra. 

“O fim de ano também enseja o início de novos ciclos, o que encoraja muita gente a dar este passo. Afinal, a casa própria está entre os maiores desejos dos brasileiros, especialmente quem ainda paga aluguel”, lembra Anderson Andreoli. 

Fonte: bnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here