Kleber Rosa faz críticas às “gestões carlistas” após ambulante ser agredido por agentes da prefeitura

0
46

Agressão aconteceu no Centro Histórico de Salvador

O cientista social e coordenador-geral da Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia (Fetrab), Kleber Rosa, se manifestou sobre a agressão cometida por três agentes de fiscalização da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) contra um trabalhador ambulante. O caso aconteceu na quinta-feira (14) na região do Pelourinho, Centro Histórico de Salvador.

De acordo com Kleber, a agressão é “reflexo das gestões carlistas marcadas pela exclusão social”. O ex-candidato a governador da Bahia pelo PSOL disse ainda que Salvador é a capital nacional do desemprego e “é inadmissível que as pessoas que estejam buscando garantir a sobrevivência com dignidade, trabalhando de forma honesta, sejam tratadas com tamanha violência e truculência pela prefeitura de Bruno Reis”.

O psolista pontuou ainda que “esse tipo de acontecimento protagonizado por um preposto da Semop contra um trabalhador ambulante, com esse nível de violência, com esse nível de truculência, expressa o que têm sido as gestões carlistas para o povo dessa cidade”.

Esse episódio não é diferente da crueldade com que a prefeitura tratou os trabalhadores ambulantes naquele processo de cadastramento em janeiro deste ano. Deixando as pessoas 30 dias numa fila em condições sub-humanas”, lamenta Kleber Rosa, ao pontuar que, “nas gestões carlistas, as pessoas mais pobres não têm espaço”, completou.

Fonte: bnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here