Mulher retira o nariz após passar meses sentindo cheiros estranhos

0
59

Mulher foi diagnosticada inicialmente com sinusite, mas acabou passando por uma cirurgia para retirar nariz 

Uma mulher britânica de 49 anos jamais imaginaria que conviver com dores e nariz entupido poderia causar uma sequela irreversível. Em janeiro de 2021, Lisa Mercer foi ao médico para tentar solucionar o problema e acabou tendo que retirar o nariz.

Na primeira consulta, o médico que atendeu Lisa receitou um spray nasal e a diagnosticou com sinusite. O remédio, no entanto, não foi suficiente, e a moça precisou procurar outro profissional. 

“No começo, eu só tinha o nariz entupido, dor de cabeça e olhos lacrimejando o tempo todo”, contou, em entrevista ao jornal The Sun.

Porém, meses depois, ela começou a ter sangramentos esporádicos e metade do seu rosto ficava completamente dormente. Sendo assim, procurou um médico particular em maio de 2021, que a diagnosticou com uma infecção na ponte do nariz. Foi receitado um novo remédio, que também não funcionou.

Lisa começou a sentir um cheiro de fezes e passou por uma nova consulta por telefone com um médico especialista. “Falei para ele que eu sentia como se tivesse um buraco no meu nariz. Eu conseguia sentir um caroço e tinha um cheiro ruim, como de cocô. Nesse ponto, eu já estava convencida que estava com câncer”, contou.

O nariz dela começou a mudar de formato, caindo para a direita, com inchaço e vermelhidão. A paciente marcou algumas consultas, que acabaram sendo canceladas seis vezes, recebendo atendimento apenas em julho de 2022.

Ao encontrar o especialista, foi confirmado um buraco no septo e, depois de uma ressonância e biópsia, ela foi diagnosticada com câncer no sino paranasal e base do crânio em estágio três. A britânica passou por duas cirurgias para retirada do tumor, mas sem sucesso. A última solução dos médicos foi retirar o nariz inteiro da mulher em uma cirurgia que durou cerca de oito horas.

Após passar por 30 sessões de radioterapia e precisar usar uma prótese magnética, Lisa contou que se recuperou do câncer.

“Estou feliz de estar viva, mas acho que desenvolvi síndrome de estresse pós-traumático por toda a experiência. Quando me vi pela primeira vez sem o nariz, foi assustador. Demorou muito tempo para que eu me acostumasse”, afirmou.

Fonte: bnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here