Brasil tem menor taxa de mortalidade infantil por causas evitáveis

0
72

Em 2022, o número de mortos foi de 38.540 para 2.561.922 nascidos vivos.

O Brasil reduziu em 51,5% o número de mortes de crianças com até 5 anos de 2000 a 2022. Os dados são do Observatório da Atenção Primária à Saúde, uma plataforma da associação Umane, com base no SIMSistema de Informações de Mortalidade (Sistema de Informações de Mortalidade) do Ministério da Saúde.

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde, mostram que o Brasil registrou, em 2023, a menor taxa de mortalidade infantil e fetal –até 1 ano– por causas evitáveis dos últimos 28 anos. Segundo dados preliminares do Painel de Monitoramento da Mortalidade Infantil e Fetal, no ano passado, houve 20.200 mortes, o menor número de uma série histórica desde 1996. 

Em 2022, o número de mortos foi de 38.540 para 2.561.922 nascidos vivos. O país também teve uma queda na taxa de mortalidade a cada 1.000 nascidos vivos, passando de 26 para 15, na mesma base de comparação. Nos anos anteriores a taxa ficou em 13,2 por 1.000 nascidos vivos em 2020 e, no ano seguinte, em 13,8 em 2021. De acordo com os dados do Observatório da Atenção Primária à Saúde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here