Caso que envolve cirurgia no ânus de influenciadora pode ser mais comum do que você imagina; entenda

0
78

Influencer passará pela terceira cirurgia no ânus em menos de um ano 

Você sabia que existe inflamação na região do ânus? A influenciadora Dora Figueiredo revelou nas redes sociais que está passando por esse problema de saúde. O lado curioso desta história é que ela vai enfrentar a terceira cirurgia na região em menos de um ano.

No começo desse ano começou a crescer um nódulo ali perto do meu ‘butico’. Ele começou a inchar um pouquinho e eu imaginei que era um pelo encravado, que ia passar rápido”, relata Dora.

https://www.instagram.com/reel/C0mHvGkOMc5/?utm_source=ig_web_copy_link

Apesar do uso de remédios, a influencer não teve como evitar o novo procedimento cirúrgico. Contudo, especialistas afirmam que o caso é mais comum do que se imagina. Na região do ânus, existem dois problemas frequentes: o cisto pilonidal e o abcesso perianal.

  • Cisto pilonidal: É um inchaço no fim da coluna (próximo ao cóccix). O cisto ocorre por conta da penetração de pelos ou acúmulo de restos dérmicos, segundo conta a dermatologista do Hospital Albert Einstein, Patricia Karla de Souza, ao g1;
  • Abcesso perianal: É a inflamação de uma glândula próxima ao ânus. No caso, forma-se um abcesso (bolsa de pus) e, posteriormente, uma fístula. De acordo com Marcelo Averbach, cirurgião colorretal do Sírio Libanês, essa é uma das hipóteses do que pode ter acontecido com Dora Figueiredo.

Ainda de acordo com os especialistas, a cirurgia é delicada e requer recuperação com sessões de fisioterapia, pois pode haver o comprometimento parcial dos movimentos no procedimento. Caso o paciente perceba um inchaço na região do ânus, o recomendado é a procura de um médico para evitar que o caso se agrave.

Esses sintomas têm que ser valorizados. A infecção pode culminar num abcesso, numa bolha de pus. Se isso existe, é importante que seja drenado. Apareceu uma bolinha dolorida perto do ânus, é fundamental que um médico seja consultado” conclui Marcelo Averbach.

Fonte: bnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here