Influencer fitness é alvo da Polícia Federal por tráfico de drogas; veja vídeo

0
52

O empresário e influencer fitness, Renato Cariani, é alvo de uma operação deflagrada pela Polícia Federal (PF), que investiga tráfico de drogas e o desvio de um produto químico usado na produção de crack. A ação, batizada de Operação Hinsberg, ocorreu na manhã desta terça-feira (12).

Segundo os investigadores, o principal alvo é a empresa Anidrol, uma indústria química que fica em Diadema, na Grande São Paulo, e tem como sócio Cariani. A mansão do influencer foi alvo de busca da PF.

Ao todo, são cumpridos 18 mandados de busca e apreensão, sendo 16 em São Paulo, um em Minas Gerais e um no Paraná. O grupo é suspeito de desviar toneladas de um produto químico para produzir entre 12 e 16 toneladas de crack.

Os envolvidos podem responder pelos crimes de tráfico equiparado, associação para fins de tráfico, bem como pelo crime de lavagem de dinheiro. As penas cominadas podem ultrapassar 35 anos de reclusão.

A ação, batizada de Operação Hinsberg, tem apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de São Paulo (MPSP), e da Receita Federal.

Histórico
Segundo a polícia, a investigação começou no ano passado, após uma empresa farmacêutica multinacional informar para PF de que havia sido notificada pela Receita Federal sobre notas fiscais faturadas em nome dela com pagamento em dinheiro não declaradas.

De acordo com a a farmacêutica, ela nunca fez a aquisição do produto. Além disso, alegou que não tinha esses fornecedores e que desconhecia os depositantes. A partir disso, a PF iniciou a investigação e identificou que entre 2014 e 2021 o grupo emitiu e faturou notas em nome de três empresas grandes de forma fraudulenta: AstraZeneca, LBS e Cloroquímica.

A PF pediu prisão dos envolvidos, o Ministério Público foi favorável, mas a Justiça negou.

Fonte: bnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here